MENU

08/06/2021 às 19h23min - Atualizada em 08/06/2021 às 19h23min

​Parceria prevê construção de usina de energia solar em Senador Canedo

A usina fotovoltaica do Tribunal de Justiça de Goiás será construída em terreno doado pela Prefeitura.

Jeová Lopes
Gazeta Centro-Oeste
A cidade de Senador Canedo será sede da usina de energia solar fotovoltaica, do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO). A unidade será construída no município, em uma área de três alqueires doada pela administração municipal. O local escolhido fica no Residencial do Lago. O lançamento da obra será na próxima sexta, (11), às 9 horas, com a presença de autoridades do Judiciário e do município. 

Economia e geração de empregos

A usina geradora de energia fotovoltaica terá uma potência de 5 MWp (medida de potência energética associada com células fotovoltaicas) e atenderá todas as comarcas do Poder Judiciário goiano. A estimativa é de uma economia de R$ 12 milhões por ano. 

O projeto de produção de energia limpa do TJGO é o segundo entre os tribunais do país e a usina será a maior do poder público no Estado e entre os tribunais, considerando as usinas próprias.

 

“Um projeto dessa magnitude é pioneiro no Poder Judiciário. Apenas o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná tem uma usina de energia limpa, com geração de dois MWp, portanto, a de Goiás será superior em capacidade”, destaca Carlos França, agradecendo a parceria com o município de Senador Canedo. 

 

“Essa é uma obra de grande relevância ambiental, não só para a cidade de Senador Canedo, mas para todo o Estado. Então, é motivo de orgulho contribuir com o Tribunal para receber uma usina de energia limpa”, comentou o prefeito Fernando Pellozo.


Para o senador Vanderlan Cardoso, projetos como esse podem contribuir para o país enfrentar futuras crises hídricas.
 

“Estão de parabéns o município de Senador Canedo, que a tempo atendeu na disponibilização da área, o Tribunal por um projeto inovador e o Brasil, de modo geral, que passa por uma crise hídrica muito grande, já para esse ano estão falando em uma crise de energia, então, um projeto como esse vem ajudar bastante”, declarou o senador.


Também acompanharam a reunião o juiz auxiliar da Presidência, Reinaldo de Oliveira Dutra; o diretor-geral do TJGO, Rodrigo Leandro da Silva; e o secretário de planejamento de Senador Canedo, Rafael Gonzaga.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp