MENU

21/10/2021 às 14h09min - Atualizada em 25/10/2021 às 00h00min

Gastos com Telecomunicações seguem avançando no País

Setor movimentará quase R$ 160 bilhões

SALA DA NOTÍCIA Lívia Aragão Mc Cardell
www.ipcbr.com
Divulgação
O setor de Telecomunicações, um dos poucos que registraram alta desde o início da pandemia, continua ampliando sua presença no mercado e deve movimentar até o final deste ano cerca de R$ 158,8 bilhões, o que representa um acréscimo de 20,3% em relação a 2019. É o que aponta a Pesquisa IPC Maps, especializada em potencial de consumo dos brasileiros há quase 30 anos, com base em dados oficiais.

Segundo o levantamento, de 2019 para 2020, o potencial de consumo na categoria já havia subido 5,5%, de R$ 131,9 bilhões para R$ 139,2 bilhões. Neste cálculo, foram levadas em conta as despesas com a aquisição de aparelhos e manutenção de telefonias fixa e móvel, bem como pacotes de TV, telefone e internet.

Segundo Marcos Pazzini, responsável pelo IPC Maps, a alta em telecomunicações foi impulsionada pela necessidade imposta no início da pandemia de equipar e/ou incrementar as residências para conseguir atender às demandas, tanto do home office, quanto das aulas online. “Além disso, esse aumento progressivo mostra que para muitas empresas o home office veio, de fato, para ficar, mesmo após a pandemia, seja de modo permanente ou regularmente”, conclui.   

Sobre o IPC Maps
Publicado anualmente pela IPC Marketing Editora, empresa que utiliza metodologias exclusivas para cálculos de potencial de consumo nacional, o IPC Maps destaca-se como o único estudo que apresenta em números absolutos o detalhamento do potencial de consumo por categorias de produtos para cada um dos 5.570 municípios do País, com base em dados oficiais, através de versões em softwares de geoprocessamento. Este trabalho traz múltiplos indicativos dos 22 itens da economia, por classes sociais, focados em cada cidade, sua população, áreas urbana e rural, setores de produção e serviços etc., possibilitando inúmeros comparativos entre os municípios, seu entorno, Estado, regiões e áreas metropolitanas, inclusive em relação a períodos anteriores. Além disso, apresenta um detalhamento de setores específicos a partir de diferentes categorias.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp