MENU

18/11/2021 às 15h05min - Atualizada em 19/11/2021 às 00h00min

Hip Hop chega ao Petra Belas Artes

Documentário sobre a relevância dessa manifestação artística e suas novas gerações ganha pré-estreia no cinema, dia 23/11, a partir das 19h30

SALA DA NOTÍCIA Mariana Mascarenhas
Crédito da imagem: Daniel Carvalho 

Se a cultura tem o poder de formar e influenciar nossa visão de mundo, nada melhor do que utilizá-la para enriquecer e ampliar essa visão, a partir de um olhar para o todo. É justamente esse o propósito do hip hop ao direcionar e reeducar nosso olhar para os gritos e necessidades da população da periferia que, por meio do som, da letra, da dança e das artes plásticas, reivindicam seus direitos.


O documentário Arte na Cidade, dirigido por Onofre Bonesso Júnior, nos insere neste universo cultural de forma praticamente pedagógica, ao nos apresentar a nova geração de artistas hip hop da cidade de São Paulo e do entorno. Durante 95 minutos de duração, a produção explora o movimento cultural, ressaltando a musicalidade presente em suas mais diversas manifestações: seja na criação do rap, no movimento corporal da dança, no traço do graffiti ou no som do DJ.

A pré-estreia do documentário, que estava prevista para acontecer em 2020 e foi interrompida, em razão da pandemia, acontece no dia 23 de novembro, às 19h, no Cine Petra Belas Artes, em São Paulo. O longa, inclusive, pré-estreia no mês marcado pelas comemorações em razão do Dia da Consciência Negra (20/11), exaltando também a relevância do hip hop no combate ao racismo. Afinal, Arte na Cidade é um convite à desconstrução de olhares sobre essa manifestação cultural, que nos mostra a sua importância não somente como linguagem artística, mas como espaço de representatividade da periferia por meio de suas expressões e contestações históricas e sociais.

O artista urbano Bonga Mac, que faz uma análise do hip hop no decorrer do documentário, caracteriza o movimento como uma linguagem direta e informativa, que tem o intuito de contar histórias que foram abafadas pela sociedade. Trata-se de uma cultura que inspira e aproxima pessoas e pensamentos, transformando a periferia. “O graffiti é um rap pintado, por meio dele eu escrevo minha história e contestação”, afirma.
Reconhecido nacional e internacionalmente por trabalhos feitos no Brasil e no exterior, Bonga ficou ainda mais conhecido ao lançar o projeto Kombozas, em 2020, que consiste na personalização gratuita de kombis por meio do grafitti.

Todos estão convidados, portanto, a adentrar o universo do hip hop em suas mais variadas expressões, no dia 23/11.

Serviço:
Pré-lançamento de Arte na Cidade
Data e horário: 23/11, às 19h30
Valor: gratuito
Local: Cine Petra Belas Artes: Rua da Consolação, 2423, sala 3
Obs: Não será permitida a entrada e permanência no cinema sem o uso de máscara.
Arte na Cidade
Duração: 95 min
Gênero: documentário
País: Brasil
Ano: 2020
Classificação: 12 anos
I
nscrições pelo Sympla, clique aqui

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp