MENU

21/12/2021 às 15h34min - Atualizada em 21/12/2021 às 21h00min

Tiago Leifert e Meta participam de evento de empoderamento digital da ONG Recode

Iniciativa ‘Conectando seu Futuro’ visa promover o empoderamento digital e a criação de games com propósito de transformação social. 

SALA DA NOTÍCIA Estela Maria
https://www.youtube.com/watch?v=LsgI6-xDJdE. 
Tiago Leifert participa de evento de empoderamento digital da ONG Recode

 O evento de encerramento do projeto ‘Conectando seu Futuro’, feito pela ONG de empoderamento digital Recode em parceria com a Meta, anunciou os vencedores do Desafio Recode Games4Good, que consiste na criação de games com propósito de transformação social e  contou com participantes de todo o Brasil. O jornalista e apresentador Tiago Leifert, embaixador da iniciativa Games4Good, participou da transmissão ao vivo, junto com representantes da empresa parceira Meta, além da secretária de Desenvolvimento e Tecnologia de São Paulo, Patricia Ellen, e do fundador e CEO da Recode, Rodrigo Baggio. A live de encerramento foi ao ar na última quarta-feira (15/12), pelo Youtube e pelo Facebook da Recode. 

A Recode, que já atua há 26 anos com empoderamento digital, sabe que a indústria de jogos pode ser utilizada como um importante agente de transformação social. Por isso, criou o Desafio Recode Games4Good, visando estimular a criação de games que causam impacto na sociedade. Ao mesmo tempo, os participantes receberam capacitação 100% online e gratuita, do nível básico ao intermediário, podendo inclusive cursar todas, se quisessem. Até agora, mais de 37 mil alunos já concluíram pelo menos uma das 12 trilhas de formação disponíveis. Quanto ao Desafio Recode Games4Good, os números impressionam: foram mais de 700 pessoas inscritas e 46 projetos iniciados. 

Dentre os 29 protótipos de games desenvolvidos e avaliados, o projeto vencedor foi “Salve os Corais!”, que visa conscientizar os jogadores a respeito da necessidade de proteger e cuidar dos corais brasileiros em um game de realidade virtual. A equipe recebeu o prêmio de R$ 5 mil a ser dividido entre os membros da equipe. 

O segundo colocado foi o protótipo do jogo “Relatos de Vera Cruz”, que aborda a importância da liberdade de imprensa e ganhou R$ 3 mil divididos entre os membros da equipe, enquanto o terceiro colocado, intitulado como “Loupe”, que funciona na dinâmica de RPG e busca ensinar a linguagem de sinais, recebeu R$ 2 mil para repartir entre seus integrantes.

“Fiquei impressionado com a qualidade de todos os games criados. Fico muito feliz com a possibilidade de inspirar novas gerações de desenvolvedores com esse projeto. Agradecemos à nossa parceira Meta, que foi fundamental para que a gente pudesse celebrar hoje com tanto carinho. Vejo que as trilhas de formação conseguiram promover um ‘casamento’ entre o empoderamento digital e o mundo dos games”, explicou Rodrigo Baggio. 

“É uma satisfação imensa poder participar desse evento, especialmente no momento atual de recuperação econômica e inclusão digital no mundo pós-pandemia, em que o tema do letramento digital é de extrema importância. Temos bastante orgulho de apoiar a Recode, que é uma grande aliada do nosso trabalho de desenvolvimento de cidadania digital e responsabilidade. Com o ‘Conectando seu Futuro’, queremos fazer dos jovens protagonistas das suas próprias realidades, promovendo a transformação social e contribuindo para a empregabilidade de jovens de todo o Brasil, oferecendo conhecimento técnico básico, acesso a novas tecnologias e uma visão empreendedora e proativa”, comentou Ricardo Vilela, gerente de políticas públicas da Meta. 

Tiago Leifert, que é embaixador da iniciativa Games4Good e foi jurado dos projetos apresentados, falou sobre iniciativas que avaliou: “Os protótipos que eu vi e as ideias que eles tiveram foram surpreendentes. Estamos falando de um mercado com potencial enorme, e o Brasil tem pessoas com capacidade e criatividade para fazer diferença. Você só precisa de um computador e uma boa ideia para começar, e por isso a minha mensagem para os criativos é: os momentos em que vocês têm vontade de desistir fazem parte do processo, e é justamente nessas horas que vocês devem acelerar e seguir em frente. Vale a pena. Nunca se esqueçam da mecânica do jogo - afinal, o jogo tem que ser gostoso de jogar antes de qualquer coisa. Vamos mudar este país através da tecnologia”.  

A secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo e cofundadora do movimento Agora, Patrícia Ellen, comentou a respeito da importância de preparar as pessoas para o futuro da tecnologia e do trabalho. Os mentores dos projetos também contribuíram com o evento, comentando sobre como foi a experiência de auxiliar os participantes durante o desafio, que foi dividido em 7 etapas totalmente virtuais, desde a inscrição, evento de abertura, formação dos times de participantes, maratona de inovação com lives e mentoria, seguida pela entrega dos protótipos, votação da banca de jurados e, por fim, evento de encerramento e premiação. 

As outras ideias que participaram do Desafio Recode Games4Good tiveram propósitos variados, com destaque para os 10 primeiros colocados, que receberam R$ 1.000 cada e abordam temas como: 

  • Combate às fake news; 
  • A luta dos refugiados;
  • Direitos e desafios enfrentados pelas pessoas com deficiência;
  • Riscos do rompimento de barragens e a tragédia de Brumadinho;
  • Preservação da cultura indígena;
  • Saúde mental e relações abusivas;
  • Reciclagem e sustentabilidade.

O encerramento do evento foi marcado por uma festa no canal Alok no Discord, um ambiente digital exclusivo para os participantes do Desafio Recode Games4Good, com música e espaço para integração virtual. Para assistir à transmissão, que fica gravada no canal do Youtube da Recode, basta acessar o link: https://www.youtube.com/watch?v=LsgI6-xDJdE

Sobre a Recode

Fundada há 26 anos pelo empreendedor social Rodrigo Baggio, a Recode é uma ONG que está presente em nove países por meio de mais de mil centros de empoderamento digital (CED). Com o objetivo de promover a inclusão digital, a Recode desenvolve metodologias para ampliar o impacto das ações de ONGs, bibliotecas e escolas públicas parceiras que tenham interesse em desenvolver nos jovens habilidades digitais e competências socioemocionais, estimulando o protagonismo e o potencial da nova geração como agentes de transformação social. Mais de 1,7 milhão de pessoas já foram impactadas e os números seguem aumentando a cada dia.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp