MENU

27/12/2021 às 18h43min - Atualizada em 04/01/2022 às 00h00min

Alex Gomes, o eterno TDB de 'Malhação', estreia em filme com Larissa Manoela na Netflix

O ator, que também está presente em ‘O Hotel Mágico’, onde atua ao lado de Luccas Neto, comemora a oportunidade de fazer personagens que são verdadeiramente empoderados

SALA DA NOTÍCIA Nobre Assessoria
Nobre Assessoria
Bony Coteville
Alex Gomes, o eterno TDB de “Malhação” da TV Globo, é destaque em produções brasileiras da Netflix. O ator, que esteve em “O Hotel Mágico” de 2020, protagonizado por Luccas Neto, também está na mais nova produção do serviço de streaming “Lulli”, que estreou no último domingo, dia 26. Na comédia nacional estrelada por Larissa Manoela, que se passa em um hospital, no melhor estilo grey's anatomy, Alex interpreta um personagem que representa muito a diversidade brasileira e está muito contente com o resultado. Fora das telas, ele comemora a realização do grande sonho de ser pai, com o nascimento do primeiro filho, Lucas, de apenas 1 ano e 4 meses.

Destaque da “Malhação” na temporada de 2004, com o personagem TDB, Alex afirma que hoje, quase 20 depois, ainda recebe o carinho dos fãs, tanto sendo abordado nas ruas, quanto pelas redes sociais. O ator revela que muitas pessoas agradecem por ele ter feito um papel que representou um empoderamento muito grande os jovens negros naquela época: 

“Recebo muitas mensagens dizendo coisas que me emocionam muito como: ‘Alex, muito obrigado por você ter feito TDB, eu achava que não podia ter um cabelo de tranças, estudar em um lugar bacana, frequentar espaços que não pareciam acessíveis. Ser visto em lugares onde os negros não são vistos. Me senti representado no programa de maior audiência da Globo’. É uma coisa muito importante e gosto de conversar com essas pessoas, respondo cada um que me chama, acho que é um dever meu”.

 

Empoderamento nas telas e o fim da “Malhação”

Alex explica que se sentiu muito privilegiado de ter feito um personagem considerado galã na novela teen, algo que nem sempre foi uma constante em sua carreira, ressalta a importancia de ter personagens negros que não sejam retratos como criminosos ou em posições de pouco destaque. O ator sonha com o dia em que não exista um personagem feito para negros e sim que qualquer papel possa ser feito por um negro, independete da classe social ou da profissão:

“Eu fiz muitos personagens que eram escravos, ladrões e chega! A gente quer ser representado de forma digna com personagens empoderados, não precisa ser rico, mas ter certeza daquilo que faz. Fico muito feliz de ter sido convidado para fazer o papel do gerente, em ‘O Hotel Magico’. Eu posso fazer um personagem que comanda um lugar como esse, posso fazer um empresário bem sucedido. Ao longo dos anos isso tem melhorado muito, fico muito feliz em ver outras pessoas e outros irmãos lá representando, fazendo personagens que realmente são empoderados, mas ainda existe um caminho longo ainda a ser percorrido com relação a esse assunto”. 

Sobre o fim do folhetim voltado para o jovens da TV Globo, Alex lamenta que a atração, que marcou uma geração de pessoas tenha chegado ao fim, ele sente  que ao longo do tempo a novela foi perdendo os personagens mais divertidos que existiam no começo dos anos 2000:

“Eu fico triste de ver a Malhação depois de 27 anos acabar assim. Na nossa época era uma coisa mais leve e engraçada. Por mais que falasse de problemas pesados como a personagem Érica, da Samara Felippo, que era uma adolescente que contraiu o vírus da aids, também tinha seus momentos mais leves. Acho que o público pode sentir falta de ver algo mais descompromissado nas tardes”. 

 

Carreira no Streaming

Telespectador assíduo de streamings, Alex revela que é muito prazeroso trabalhar na Netflix, principalmente, depois de todo o período complicado vivido durante a pandemia e comemora estar em duas obras diferentes do catálogo da plataforma:  

Fico muito feliz em poder estar levando entretenimento para as pessoas em um momento tão complicado, onde ainda muitas pessoas têm receio de sair de casa e ir ao cinema. Poder divertir o público com uma história tão bacana é muito prazeroso. Essa é a minha missão na vida, levar arte para as pessoas através da minha profissão de ator. Saber que isso está sendo cumprido, mesmo nessas dificuldades, me faz sentir muito feliz. E quero fazer mais produções ainda Netflix e em outras plataformas também”.

Em Lulli, que estreia no domingo após o Natal (26/12), Alex Gomes, faz parte de um casal multiétnico, formado por um homem negro e uma mulher chinesa. Para o ator poder dar vida e representar um papel desses é muito importante: 

“Meu personagem representa a diversidade que existe no Brasil. A Netflix, junto com a fábrica - produtora do longa -  me deixam muito orgulhoso de poder estar mostrando isso, porque é um casal que mostra como é o nosso país de verdade”.
 

Trabalhar ao lado de Larissa Manoela

Larissa Manoela, que estrela o filme “Lulli”, é uma das maiores atrizes jovens dessa geração. Alex afirma que se surpreendeu com a atitude da atriz durante as filmagens do longa e que virou ainda mais fã dela:

“Ela é uma menina multitalentosa, ao meu ver, ela é uma artista completa.Ela está em um patamar onde muitos não teriam a humildade que ela tem.  Ela no set de filmagem, o pouco que eu conheci dela, me pareceu ser uma pessoa muito humilde e que merece tudo que está construindo. A Larissa tem mais de 42 milhões de seguidores e mesmo assim não parece, ela veio falar comigo, perguntou como eu estava, se queria bater o texto, o que poucas pessoas fazem”.
 

Parceria com Luccas Neto

Alex que também esteve em “O Hotel Mágico”, filme infantil de Luccas Neto, conta que ao participar da obra conseguiu relembrar o início da carreira. O ator que deu os primeiros passos no tablado, lembra de quando desenvolvia personagens voltados para um público formado por crianças:

O André foi um personagem muito legal e gostoso de se fazer porque ele era gerente do Hotel Mágico e era meio atrapalhado, assustado e amedrontado, eu me senti voltando a fazer peças infantis, que foi onde eu comecei. É algo que eu tenho um prazer enorme em fazer. E poder trabalhar com aquela turma ali, o Luccas, a Gi, a própria Roberta, que era minha companheira de cena, foi muito legal e divertido. Recomendo muito para quem ainda não assistiu, vale muito a pena ver”. 

 

Papai de primeira viagem

Recentemente Alex se tornou pai do pequeno Lucas, de 1 ano e 4 meses. Com a chegada do menino o ator passou a se dedicar inteiramente a criação da criança e está vivendo um momento mágico, que sempre desejou:

“A chegada do Lucas na minha vida é a realização de um sonho, sempre sonhei em ser pai. Eu junto com a Thaís consegui realizar esse sonho. A rotina muda por completo, tudo que eu faço é para ele, eu posso estar cansado, chegar em casa estragado, posso ter filmado uma madrugada inteira, que quando chego e ele me dá um abraço e um beijo parece que recarrega todas as minhas baterias na hora, a minha energia volta 100% porque é muito bom. Estou muito feliz e realizado, quero ter mais um filho, estou muito feliz de verdade, faço tudo por ele!”. 

 

Saiba mais sobre Alex Gomes

Créditos: Bony Coteville

 

Saiba mais sobre Alex Gomes

https://www.instagram.com/alexgomes_oficial/

https://web.facebook.com/alexgomesofficial/ 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp