MENU

18/01/2022 às 12h00min - Atualizada em 18/01/2022 às 15h20min

Sucesso internacional em 'La Casa De Las Flores’ e ‘Cyberpunk 2077’, Carolla Parmejeano, revela os desafios de trabalhar como dubladora

A atriz, que já foi indicada ao oscar da voz internacional, conta como se prepara para dar voz a diferentes personagens

SALA DA NOTÍCIA Nobre Assessoria
https://www.instagram.com/carollaparmejanoofficial/
Arquivo Pessoal
A brasileira Carolla Parmejano é um dos grandes nomes do mundo da dublagem atualmente. A artista, que é apresentadora do programa “Próxima Parada”, no canal Woohoo e também está no elenco do filme “O Faixa Preta”, começou sua carreira atuando como dubladora e viu nessa área uma forma de desenvolver uma série de aspectos da profissão. Já trabalhou dando voz a personagens marcantes como Delia da série “La Casa De Las Flores” da Netflix, Dra. Cho na animação “Dead Space - After Math”, a Professora Pavlova da novela colombiana “Chica Vampiro” exibida no canal Gloob, e até no jogo 

Com uma carreira internacional de sucesso, a artista tem recebido muito destaque por suas performances. Ela recentemente foi indicada ao prêmio de melhor dubladora Internacional no Society of Voice and Arts of Science (SOVAS), que é considerado o Oscar da Voz. A dubladora acredita que a diversidade de personagens ao longo da carreira a fez descobrir novas facetas como atriz:

“Tinha personagens que eu achava que não iria conseguir fazer. Por exemplo, uma vez tive que fazer uma que era bem extravagante, algo diferente da minha realidade.  A dublagem além de ser um trabalho incrível, foi uma escola pra mim e está sendo até hoje.”

Morando nos Estados Unidos desde o começo da carreira, Carolla deu os primeiros passos na dublagem trabalhando na “The  Kitchen", uma empresa de dublagem localizada em Miami, na Flórida. A atriz conta que teve que aprender muito para se desenvolver no início e teve que praticar bastante:

“A dublagem tem seu ‘timing’, espaço e técnicas, não é só ler. O único instrumento que você pode usar é a própria voz. Aprendi na marra, fiz aulas de voz e até de como usar o microfone. Não é fácil, mas não algo impossível.”

Ela também revela que uma das partes mais difíceis da dublagem é se adaptar às características de cada idioma. A atriz que já dublou em diferentes línguas explica que é preciso bastante para se preparar para cada nova dublagem:

“Cada língua tem suas regras, gírias, uma maneira única de ser falada e interpretada. Quando tenho um novo personagem, já vou logo estudar a atriz que faz a voz original para saber como ela fez, o seu jeito, estudo tudo. É uma coisa que nunca tem fim, mas acho que é a melhor forma de poder interpretar e fazer o melhor trabalho possível.”

Para manter a voz sempre bem preparada para dublar é preciso ter uma série de cuidados. Carolla afirma que dependendo de cada personagem a atenção pode ser ainda maior para evitar danos ao seu principal instrumento de trabalho:

“Temos que cuidar da voz, fazer exercícios, entender como ela funciona, e ser cautelosos. Às vezes tem personagens que choram ou gritam muito, então os cuidados acabam sendo maiores. Não bebo nada gelado quando estou gravando, sempre tento não gritar, isso ajuda a manter o tom, deixa a voz limpa e descansada.”

Sempre aberta para novas possibilidades, Carolla recentemente participou da dublagem e da captura de movimentos de um dos jogos mais comentados dos últimos anos, o game “Cyberpunk 2077”. Ela que também trabalha como dublê conta que a experiência a fez perceber todo o trabalho envolvido numa produção dessa:

“Em ‘Cyberpunk 2077’ interpretei 4 personagens, cada um era bem diferente do outro. Minha aulas de dublê ajudaram muito, a parte mais difícil foi fazer as coreografias de luta com os fios agarrados ao corpo, fora os pontinhos no meu rosto para capturar as expressões. O profissionalismo do estúdio e dos outros atores me ajudou bastante, esse é um dos meus melhores projetos.”
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp