MENU

24/01/2022 às 17h57min - Atualizada em 26/01/2022 às 00h00min

Reconhecimento facial: Como manter ambientes democráticos usando a tecnologia

Recurso vem sendo incorporado em empresas e órgãos públicos

SALA DA NOTÍCIA AI
Banco de Imagens
 

O reconhecimento facial é um recurso que vem sendo muito adotado nos sistemas de segurança eletrônica e em outros setores. No Mato Grosso, por exemplo, o Detran incorporou a solução para monitorar as aulas teóricas e evitar possíveis fraudes por parte dos futuros condutores e dos instrutores.

A primeira vista, pode parecer um processo simples: basta instalar um software e uma câmera para reconhecimento facial no sistema de segurança. Contudo, existem algumas questões importantes, que precisam ser avaliadas antes de colocar um projeto desses em prática. Um dos pontos é pensar em como garantir que o sistema não colabore para atitudes preconceituosas e injustas, mantendo a democracia.

A RealNetworks, que desenvolveu o SAFR, software de visão computacional e reconhecimento facial, listou três aspectos que devem ser questionados ao contratar uma empresa para a implantação do projeto.

 

1- Viés

Junto com a precisão e a velocidade, um componente crítico no desenvolvimento das plataformas de reconhecimento facial, é sua capacidade de resolver problemas que poderiam ocasionar em uma leitura polarizada. Isso significa que o software deve ser baseado em machine learning e reduzir significativamente o viés, ou seja, evitar resultados tendenciosos. Um conjunto de dados bem equilibrado inclui uma forte representação por idade, gênero, tom de pele e origem geográfica e, para se certificar de que o programa é seguro, o ideal é conferir se ele foi submetido aos testes rigorosos do Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST).

 

2- Princípios norteadores 

É importante checar quais são os princípios norteadores da empresa que pretende contratar para implantar o sistema de reconhecimento facial. Verifique o código de conduta, a reputação, confira de que maneira a organização conquistou a confiança de seus clientes, se simplifica ou dificulta a proteção da privacidade e, inclusive, se exige que os clientes cumpram todas as leis aplicáveis. Todos esses pontos são indícios de que a empresa é confiável.

 

3. Desempenho com máscaras

Os softwares de reconhecimento facial são capazes de chegar em até 99,87% de precisão, enquanto as taxas de falsa aceitação e rejeição caíram para níveis significantes. Ainda assim, é importante verificar o índice de falha da plataforma que vai contratar, sobretudo em tempos de pandemia. Agora, com as máscaras faciais fazendo parte do dia a dia, é crucial que qualquer solução biométrica baseada no rosto possa detectar e reconhecer até mesmo faces parcialmente obscurecidas. As máscaras reduzem a quantidade de informações biométricas que um algoritmo pode usar para detectar e combinar corretamente um rosto. No entanto, exigir que um usuário remova sua máscara em um ponto de acesso, aumenta o risco de transmissão de vírus. Os principais fornecedores de reconhecimento facial entendem esse desafio e já investiram no treinamento de seus algoritmos para detectar e reconhecer rostos com máscaras.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp