MENU

10/05/2022 às 16h31min - Atualizada em 12/05/2022 às 00h01min

Música Legado ganha novas versões em homenagem da BASF aos agricultores do país

A nova fase da campanha Juntos pelo seu Legado chega para representar e homenagear agricultores de todas as regiões do Brasil

SALA DA NOTÍCIA Vanessa Prudente de Oliveira
Qual gênero musical representa o seu Legado? Formado por muitas variedades, o Brasil é um país de diferentes ritmos e histórias. Por isso, a partir de hoje, agricultores e todos os profissionais do setor terão a oportunidade de conhecer Legados de Norte a Sul, a nova campanha da BASF Agro.

Formado por 5 diferentes ritmos, a música do Legado lançada em 2018 traduz o “Juntos pelo seu legado” nos principais desafios do setor para dentro de BASF. Esta foi uma forma da empresa contar a história dos agricultores e criar uma conexão entre as pessoas. A música percorre gerações e transita nas famílias, enquanto o legado é construído. 

Nestas novas versões, os ritmos ganham arranjos para representar histórias que inspiram a agricultura brasileira. São eles: 

Região Norte na voz da artista Malu: Ritmo Boi - estilo musical tradicional do Pará. Suas canções são mais tradicionais, usando os elementos rítmicos de músicas tradicionais do Norte do Brasil.
Região Nordeste na voz do artista Geraldo Maia: Ritmo Maracatu - estilo musical tradicional do Recife (PE), muito popular nas festas com grupos tocando Alfaias e danças circulares.
Região Centro-Oeste na voz da artista Niela: Ritmo Cururu - ritmo musical bastante utilizado na música caipira. Cururu é o repente, um combate poético, um desafio em trovas ao som de violas caipiras.
Região Sudeste na voz do artista Zé Leônidas: Ritmo Cateretê - estilo de dança com maior recorrência na Região Sudeste e Região Centro-Oeste do Brasil, caracterizada pela batida das mãos e dos pés. É um dos estilos mais famosos do folclore brasileiro, com origens de culturas como portuguesa, europeias, africana, indígena e espanhola.
Região Sul na voz do artista Rodrigo Munari: Ritmo Chamamé – é um estilo musical tradicional da província de Corrientes, Argentina, que se tornou uma verdadeira propriedade gaúcha.

“Um Legado não se constrói sozinho, muito menos de um dia para o outro. Na BASF trabalhamos com a arte como o elo entre o tradicional e o moderno, o velho e o novo, o passado, presente e futuro. Resgatar instrumentos tradicionais com novas vozes busca ressaltar essa transversalidade que é construir um Legado.”, ressalta Marina Maia Ribeiro, gerente de Comunicação e Marca de Soluções para Agricultura da BASF.

Todos os ritmos estão disponíveis no Canal BASF Agro Brasil no Spotify. Lá, além dessas variedades, os interessados também poderão conferir as playlists diversas de conteúdos ligados ao universo agro. Além disso, todos os conteúdos estão disponíveis nas redes oficiais da empresa: Instagram de BASF Agro Brasil, Facebook e Linkedin.

Hall do Legado – um novo espaço na Fazenda BASF
Com objetivo de criar uma experiência diferenciada, a Fazenda BASF ganha o Hall de Legados. O novo espaço é uma galeria de exposições dentro da plataforma, onde os protagonistas são os agricultores.    
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp