MENU

15/06/2021 às 14h58min - Atualizada em 15/06/2021 às 14h58min

Suspeito de chacina está praticamente cercado em área de 10 km², diz SSP

Buscas foram intensificadas agora pela manhã em região onde Lázaro trocou tiros na noite passada com um chacareiro

Aulus Rincon
Mais Goiás
Buscas foram intensificadas agora pela manhã em região onde Lázaro trocou tiros na noite passada com um chacareiro (Foto: divulgação/ PC)

As polícias de Goiás e do Distrito Federal estão perto de prender o autor de uma chacina ocorrida na última quinta-feira (9), em Ceilândia, no Distrito Federal (DF). A afirmação foi feita na manhã desta terça-feira (15), pelo secretário da Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, o qual garantiu que Lázaro Barbosa, 32, está praticamente cercado em uma região de mata no que disse estar Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, praticamente cercado em uma área de 10 km² no povoado de Edilândia, a 160 km à Nordeste de Goiânia.

Procurado por mais de 200 policiais desde o último final de semana, Lázaro Barbosa foi visto pela última vez na noite de segunda-feira (14), quando atirou contra o caseiro de uma propriedade rural em Edilândia. Segundo o funcionário, o foragido chegou no local pedindo comida e diante da negativa dele, atirou pelo menos cinco vezes contra a propriedade. O caseiro reagiu atirando com uma espingarda, o que acabou espantando Lázaro.



 

“Nós já conseguimos confirmar que realmente foi Lázaro quem esteve nessa propriedade e atirou com uma pistola calibre 380 contra o caseiro, que felizmente, não se feriu. Desde então, nós montamos um cerco na região, e, posso afirmar, já estamos bem perto de conseguir capturá-lo. Eu estou tendo dificuldades para trocar as equipes que lá estão, não por falta de efetivo, mas porque os policiais se negam a deixar a área antes de encontrar esse psicopata”, descreveu o SSP.

 


CRONOLOGIA
 

 

  1. Quinta-feira (9) – A onda de crimes tem início quando o suspeito invade uma casa em Ceilândia. Lá, ele teria matado o empresário Cláudio Vidal, 48; dois filhos dele, Gustavo Marques, 21; e Carlos Eduardo Vidal, 15; e sequestrado a mãe deles, Cleonice Marques,
  2. Sexta-feira (10) – Polícia Militar do DF inicia buscas pelo suspeito.
  3. Sábado (12), à tarde – Polícia encontra o corpo de Cleonice Marques. Cadáver estava próximo de um córrego na região de Sol Nascente (DF). Mulher estava nua, de bruços e apresentava cortes na região das nádegas.
  4. Sábado (12), à noite – Três pessoas são baleadas em uma casa na zona rural de Cocalzinho de Goiás. Suspeito teria forçado vítimas a fazer comida para ele enquanto as obrigava a fazer consumo de drogas. No local, Lázaro supostamente rouba duas armas de fogo e munições. Feridos estão hospitalizados, dois deles em estado grave.
  5. Domingo (13), à tarde – Chácara é invadida em Cocalzinho de Goiás. Proprietário encontra imóvel revirado e dá falta do carro, um Corsa vermelho.
  6. Domingo (13), noite – Veículo é abandonado na BR-070, após avistar bloqueio policial próximo à cidade de Edilândia. Suspeito foge à pé, supostamente para região de mata. Investigadores ainda não confirmaram se responsável por abandonar carro é mesmo Lázaro.
  7. Segunda (14), noite – Lázaro pede comida em uma chácara em Edilândia, mas diante da negativa do caseiro atira com uma pistola contra a propriedade. O caseiro, que também estava armado com uma espingarda, revida, fazendo com que o procurado fuja do local correndo a pé.


 

+LEIA TAMBÉM

 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp