MENU

06/06/2022 às 17h10min - Atualizada em 07/06/2022 às 00h01min

Opy Health é integrante da Rede Brasil do Pacto Global

Iniciativa da ONU visa engajar empresas e organizações na adoção de Dez Princípios nas áreas de Direitos Humanos e do Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção

SALA DA NOTÍCIA Luana Dallabrida
A Opy Health tornou-se signatária da Rede Brasil do Pacto Global, iniciativa da ONU que visa engajar empresas e organizações na adoção de dez princípios nas áreas de Direitos Humanos e do Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção.

De acordo com a Gerente de Compliance e ESG da Opy Health, Júlia Loureiro de Lima, a participação na Rede é um compromisso que alinha a companhia às mais elevadas práticas corporativas com foco em um futuro mais justo e sustentável. “O Pacto Global reforça a base de toda a cultura organizacional da Opy Health, tornando público o valor que damos às ações que contribuem para o bem-estar de todos”, afirma.

A Opy Health já tem sistematicamente atuado em linha com a integração de suas ações aos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS), com um respeitável conjunto de projetos e atitudes que potencializam o impacto positivo da atividade de negócio, tais como:
 
  • A prevenção de doenças crônicas causadas pela má nutrição de crianças até os primeiros 1000 dias, com a promoção de ações e informativos desenvolvidos pelo Instituto Opy;
  • Promoção de saúde mental e bem-estar por meio da contratação de psicólogos, psiquiatras e fisioterapeutas pulmonares para auxiliar no tratamento de colaboradores que foram afetados por efeitos da Covid-19, além de modernização das salas de ressonância magnética e tomografia dos hospitais geridos pelas concessionárias ONM e OZN, tornando a realização de exames de imagens mais dignos e confortáveis;
  • A companhia conta com mais de 60% do grupo composto pelo público feminino e inclui iniciativas de maximização da igualdade de gênero para ampliar ainda mais a representatividade das mulheres em cadeiras de liderança, praticando política de tolerância zero para qualquer tipo de discriminação;
  • Valorização da modernização tecnológica e inovação como core da eficiência operacional. Por exemplo: o Hospital Metropolitano Dr. Célio de Castro, gerido pela concessionária ONM, conta com a rastreabilidade de medicamentos e materiais por meio de dispensários eletrônicos em suas farmácias, além de sistema de aproveitamento do calor gerado pelos equipamentos para resfriamento de água, para o aquecimento de água nos chuveiros e cozinha. A concessionária OZN, em projeto similar, instalou trocadores de calor para o aquecimento das piscinas da área de fisioterapia;
  • Para fortalecer ainda mais o valor dado à inovação, a companhia desenvolveu o programa Opynaí, para estimular e premiar os colaboradores por sugestões inovadoras para melhorar as atividades e os serviços;
  • Além de praticar salários e benefícios competitivos, a Opy Health contribui para iniciativas de empregos plenos e produtivos para as minorias, incluindo iniciativas para a maximização de mão de obra PCD, oferecendo vagas específicas com compromisso de contratar mais pessoas do que a cota exigida na lei;
  • Ainda na pauta sobre empregos dignos, a OZN atua para a redução da proporção de jovens sem emprego, educação ou formação com a: Escolinha Opy, que tem o objetivo de incentivar os estudos por meio do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA), permitindo acesso à educação e desenvolvimento de habilidades;
  • Proteção dos direitos trabalhistas e promoção de ambientes de trabalho seguros, por meio da comunicação transparente e interface direta entre a Área de Integridade com o setor de Recursos Humanos e com o Jurídico para qualquer relato necessário a ser reportado para  a companhia;
  • Na pauta climática, a Opy Health avançou no inventário de emissões de gases de efeito estufa resultantes de suas atividades empresariais como primeiro passo para viabilizar a correta estratégia para a neutralização das emissões de carbono até 2040. Além desta, o Plano de ESG (sigla Environmental, Social and Governance) da companhia contempla outras agendas para endereçar as mudanças climáticas, tal como o alinhamento com o Acordo de Paris, que visa reduzir os efeitos deletérios do aquecimento global;
  • Uso sustentável da biodiversidade e dos ecossistemas por meio da atuação em estrita conformidade com a regulação do setor, que exige uma gestão adequada de 100% dos resíduos. A companhia, por meio de suas concessionárias que operam hospitais de relevância para o SUS, busca maximizar o uso de materiais recicláveis e garante o descarte responsável e sustentável dos resíduos gerados por suas atividades, além da utilização de aterros sanitários certificados e a busca constante por novas tecnologias que permitam uma destinação final com mais eficiência e diminuam os impactos negativos ao meio ambiente;
  • O compliance é a base de toda estratégia de ESG da companhia, exercendo o papel de vetor garantidor de ética e integridade para o negócio. As regras internas da empresa, incluindo a prevenção à corrupção, foram elaboradas com base nas leis nacionais e internacionais, especialmente o FCPA e o UK Bribery Act, com apoio de escritórios de advocacia brasileiro e norte-americano renomados. O Canal de Integridade é um elo de comunicação seguro e efetivo para os colaboradores relatarem, de forma anônima, situações em desacordo com as regras internas e leis brasileiras, fortalecendo a cultura organizacional pela integridade e auxiliando na construção de uma sociedade mais justa.


Contatos:

Paula Fiori
Diretora Executiva
LAM Comunicação
paula.fiori@lamcomunicacao.com | 11 97242-6272

Luana Dallabrida
Atendimento Sênior
LAM Comunicação
luana.dallabrida@lamcomunicacao.com | 47 99982-8422

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetacentrooeste.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp